Post Image

O ano 2020 é o ano em que, devido à situação actual em que se encontra o um mundo, as empresas darão um salto tecnológico de 10 anos.

Neste momento de maior procura, e quando as pessoas estão confinadas em casa, haverá uma maior procuro de produtos/serviços através dos meios online.

Esta procura através da internet é uma tendência que se irá manter daqui para frente e com previsão de crescimento constante. Desta forma, as empresas, inevitavelmente, terão a necessidade de se actualizar e de expandir os seus negócios para o mundo digital.

O facto é que, apesar de ser um investimento para as empresas, a criação de um website irá ter inúmeras vantagens como:

– Alcance a nível mundial: o website poderá ser visualizado em qualquer parte do mundo

– Direcionar corretamente o seu negócio: são apresentados dados de quem visita o que site, de onde são, como chegaram até la e até como se comportam dentro do próprio website, desta forma poderá direccionar toda a sua comunicação para as pessoas corretas

– Mais barato, flexível e actualizável: o website permite a contante actualização de informação sem ter de investir constantemente mais dinheiro. Por isso não se deixe “assustar” pelo custo de um website, pois terá retorno passado algum tempo!

Segundo um estudo dos CTT: “CTT e-Commerce Report 2019”, em Portugal 46% das pessoas fizeram pelo menos uma compra online durante o ano de 2018, representando um acréscimo de 10% em relação a 2017. Este estudo revela também que o e-buyer português é predominantemente feminino  (51,5%), mais adulto e centrado em idades entre os 25 e 44 anos (66%).

Maioritariamente as compras continuam a ser realizadas em plataformas de e-commerce internacionais (China (70%), Espana e Reino Unido).

Eleve o seu negócio e torne-o acessível a todo o mundo!

Próximo
Marcas alteram logótipo em forma de sensibilização para o Distanciamento Social