Post Image

Quando as empresas pretendem fazer chegar as suas comunicações às pessoas corretas, ou seja ao seu público-alvo, as “campanhas pagas” são a melhor ferramenta para obter os resultados pretendidos.

Existe uma panóplia de ferramentas para efectuar essas mesmas campanhas, como: Google Ads, Facebook Ads (Facebook for Business), Instagram Business, Google Shopping, Youtube…

Todas estas ferramentas, aplicadas da forma correta e adequada com os objectivos pretendidos por cada empresa, irão permitir o desenvolvimento de relação com os clientes e criar possibilidade de negócio.

De todas as ferramentas já referidas, existe uma preferência por parte das empresas em apostar no Google Ads, visto que o Google é o motor de busca mais utilizado em todo o mundo, e no Facebook ADS, pois esta rede social é a que tem mais impacto dentro da população portuguesa e estrangeira, e tem uma ligação direta com outras ferramentas de comunicação.

GOOGLE ADS:

Quando fez uma pesquisa no GOOGLE já reparou que existem resultados com “Anúncio” na descrição? Essa será a aparência que o website irá ter quando apostar nas campanhas do Google.

Esta plataforma de anúncios destaca os websites, com campanhas ativas, com base na segmentação que foi escolhida durante a criação e na definição dos objectivos da mesma:

– Palavras-chave: Palavras ou conjunto de palavras que estão directamente relacionadas com os produtos ou serviços em causa e que serão utilizadas pelos clientes durante a procura dos mesmos.

Idade, Local e idioma: Permite escolher a idade, localização e o idioma dos clientes.

– Local de anúncio: Esta ferramenta permite escolher o local de exibição dos anúncios: páginas de resultados de pesquisas e websites que fazem parte da Pesquisa Google e das Redes de Display.

– Dias, horário e frequência: Permite escolher em que horário/dias e a frequência que o anúncio irá ser exibido.

– Dispositivos: Poderá escolher em que dispositivos irá ser exibido o anúncio.

O controlo dos custos é por muitos considerada uma das maiores vantagens desta ferramenta, pois apenas irá pagar se clicarem no anúncio – Custo Por Clique (CPC). Para além disto é estabelecido o investimento por mês, por dia ou por anúncio.

Durante as campanhas poderá também monitorizá-las e fazer as ajustes que achar necessário. Para além disto consegue acompanhar todas as acções, realizadas no seu website, pelo usuário quando clica no anúncio.

FACEBOOK ADS

Devido ao elevado número de utilizadores, o Facebook é uma ótima plataforma de anúncios com um potencial enorme e que deve sem dúvida estar integrado numa estratégia de marketing digital.

Através do Facebook, é possível criar anúncios também no Instagram, na Audience Network e no Messenger. Ao criar uma única campanha, é possível alcançar pessoas em todas apps e sites favoritos.

Outra grande vantagem, é que para além das segmentações básicas (género, idade, local, idioma…) o Facebook permite que as campanhas sejam segmentadas através dos interesses pesquisados pelos utilizadores. Focados no interesse, esta plataforma permite a criação de um público-alvo designado de “públicos-alvo semelhantes” – utilizadores que apresentam interesses semelhantes aos que já são seguidores da empresa no Facebook.

Outro motivo que torna o Facebook uma ótima ferramenta de comunicação é a diversidade de possibilidade de locais onde colocar os anúncios:

– Feeds: de notícias do Facebook, do Instagram, do Marketplace do Facebook, de vídeos do Facebook, Coluna direita do Facebook (apenas em computadores), no Explorar do Instagram e na Caixa de Entrada do Messenger

– Stories: do Facebook, do Instagram e do Messenger

-Durante a transmissão de Vídeos do Facebook

-Resultado de pesquisa do Facebook

-Mensagens patrocinadas no Messenger

-Artigos instantâneos do Facebook

– APPS: Anúncios nativos (apresentados em apps na Audiance Network) e Vídeos premiados (vídeos que as pessoas podem ver em troca de um prémio numa app)

Como foi possível verificar, os anúncios do Facebook permite chamar a atenção dos utilizadores para as marcas a um elevado números de pessoas de muitas formas. Mas para que isso tenha os resultados pretendidos (interacção por parte do público-alvo) é essencial criar anúncios criativos e que cativem quem os vê.

Criar uma ótima relação com os utilizadores é sempre importante, pois o feedback, por parte destes, é sempre uma questão muito relevante para todos e poderá ser decisivo no momento da criação de negócio ou no momento de compra.

Próximo
Facebook alarga angariação de donativos para as PME